top of page
  • Foto do escritorBrasil Cotidiano

Após dois dias de provas, Rally Cuesta define vencedores

Francine Rossi (motos) e Lucas Moraes (UTVs) são os campeões da prova válida para 3ª e 4ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja que aconteceu neste sábado e domingo, em Botucatu

O Rally Cuesta aconteceu na cidade de Botucatu pela 17ª vez (Crédito da foto: Nelson Santos Jr/PHotoAction).

Botucatu, SP - A decisão do 17º Rally Cuesta, válido para o Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2023 (3ª e 4ª etapas), aconteceu tradicionalmente aos arredores da cidade de Botucatu, no interior paulista. A competição, considerada uma das mais técnicas e duras provas do calendário nacional da modalidade terminou neste domingo (07 de maio), após quatro especiais e emocionantes duas etapas.


Os mais velozes da edição foram Francine Rossi (Rossi Rally Team), na categoria motos, e Lucas Moraes (MEM Motorsports), nos UTV's. Eles se saíram melhor em exatos 412,24 km de trechos hora rápidos, hora travados, com valas, passagens sinuosas. Deste total, 243,36 km eram cronometrados.


O mineiro Francine Rossi (#3/Kawasaki KX 450XC), de São Sebastião do Paraíso, chegou para final com vantagem de quatro especiais a frente dos demais competidores e somou 03h22m04s e consagrou-se campeão sobre duas rodas. O vice-campeão Sergio Alves (#18/KXF 450), piloto de Botucatu/SP, ficou em segundo na quarta e última especial, ficando a 8m51s de Rossi no acumulado geral da competição. Já o catarinense Cesar Bogo (#11/Husqvarna FE 501), cravou o terceiro lugar, com 3h34m20s no total.


“A prova foi muito boa, navegação forte. Fiquei satisfeito com o resultado, nossa equipe trabalhou muito bem, minha moto funcionou perfeitamente bem, foi ótimo”, declara Francine Rossi que mantém a liderança no campeonato.


Entre os UTVs, os paulistas Lucas Moraes (#123/Polaris RZR Pro R) e Bruno Varela (#128 - Can-Am Maverick X3/Varela Can-Am Monster Energy Rally Team) travaram uma batalha de gigantes por posições desde a primeira especial. Bruno venceu a primeira especial no sábado e Lucas a segunda prova do sábado e as duas do domingo. Por fim, com a soma de tempos Lucas superou Bruno a apenas 9seg70, isso significa um respiro na curva, e concluiu a competição com acumulado de 02h45m12s.


Na sequência deles, Guilherme Cysne (#121 Can-Am - GC Rally Team/Peak Automotiva), de socorro/SP, com o total de 02h51m01s. A quarta colocação ficou com Marcus Cotton (#105 - Polaris/Cotton Racing), de São Carlos/SP, com 02h54m50s.


“Eu tomei um susto também na primeira volta da primeira especial do Rally Cuesta. Eu tinha uma boa vantagem, mas o carro entrou em modo de segurança por aquecimento do motor, porque peguei muito mato e isso bloqueou o radiador. O carro parou, mas consegui fazer funcionar e, mesmo assim, ainda terminei em quarto. Já na segunda volta tivemos uma performance muito boa, chegando a abrir boa vantagem para o segundo colocado e esse resultado me colocou no segundo lugar da classificação geral do primeiro dia de disputas”, destacou Lucas Moraes.


“A etapa de hoje foi maravilhosa. Consegui Fizemos um duelo limpo e terminamos a segunda prova do Brasileiro Baja (estreia entre os UTVs) em primeiro na geral. O UTV Polaris Ultimate foi perfeito. Estamos muitos felizes com o resultado”, afirmou o piloto líder no Brasileiro Baja.

Henrique Arena, organizador do Rally Cuesta, explica como é fazer uma prova de rali. “É bastante complexo, o evento tem que ser bacana e é necessário fazer uma parte técnica bem elaborada. Nós temos que escolher a dedo o que você quer exigir dos competidores. Nós nos cobramos e existe um consenso com os nossos parceiros organizadores, todos com muita responsabilidade, para sempre proporcionar o melhor possível”, completou.


A próxima prova do Campeonato Brasileiro de Rally Baja será o Rally de Barretos, nos dias 08 e 09 de julho. Antes disso, acontece o Rally Jalapão válido para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para carros, motos, quadriciclos e UTVs, organizado pela Arena Promoções e Eventos, entre os dias 19 a 25 de junho com largada e chegada em Palmas (TO).


O 17º Rally Cuesta é uma realização de Arena Promoções e Eventos. A competição conta com o patrocínio do C6 Bank e o apoio da Prefeitura Municipal de Botucatu e Secretaria Adjunta de Turismo, Shopping Park Botucatu, Anube Sports e Primar Plaza Hotel. A supervisão é da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo.

Resultados do Rally Cuesta, após quatro especiais em dois dias de provas:

MOTOS

1) #3 Francine Rossi, Kawasaki KX 450 XC, Rossi Rally Team, (1)MT1, 03h22min04seg18

2) #18 Sergio Alves, KXF 450, 7 Gelo Zilo Tudo, (2)MT1, 03h30min55seg74

3) #11 Cesar Bogo, Husqvarna FE 501, Bianchini Rally, (1)MT2, 03h34min20seg93

4) #14 Luiz F. Nutti, Kawasaki KLX 450R, Bianchini Rally-Army / BoxBBQ, (1)MOV, 1h54min08seg09

5) #5 Nelson Gonçalves Jr., Yamaha WR 450,Tchobi Rally Team,(1)MT3, 01h58min36seg09

#17 Andres Suarez, Ktm EXC 450, Army-Rock, (2)MT2, 03h59min28seg67

UTVs

1) #12 Lucas Moraes, Polaris RZR Pro R, MEM Motorports, (1)UT1, 02h45min12seg01

3) #128 Bruno Varela, Can-Am Maverick X3, Varela Can-Am Monster Energy Rally Team, (2)UT1, 02h45min21seg71

3) #121 Guilherme Cysne, Can-Am Maverick X3, GC Rally Team / Peak Automotiva, (3)UT1 , 02h51min01seg31

4) #105 Marcus Cotton, Polaris RZR Pro R, Polaris Factory Racing Brasil / Cotton Racing,(1)UOP, 02h54min50se05

5) #152 Leonardo Castro/ Rogério Almeida, Can-AM Maverick X3, Cotton Racing / C3 Racing

(1)UDB, 02h55min55seg55





Para mais informações: www.arenarally.com.br / Instagram @arenarally



Por assessoria de imprensa.

bottom of page