top of page
  • Foto do escritorBrasil Cotidiano

Arte Circuito Jardim Europa celebra o Dia Internacional da Fotografia com roteiros e exposições


AM Galeria SP, Arte 57, Dan Galeria, Luciana Brito Galeria, Galeria Lume, Galeria Marilia Razuk, Galeria Mario Cohen e Galeria Nara Roesler se unem para incentivar a visitação e reforçar o Jardim Europa como polo de cultura efervescente da capital paulista. Nesta edição, a curadoria é do professor e pesquisador de fotografia Eder Chiodetto



Nesse dia as galerias funcionarão das 11h às 17h, com serviço gratuito de vans que circularão ao longo do circuito formado pela AM Galeria SP, Arte 57, Dan Galeria, Luciana Brito Galeria, Galeria Lume, Galeria Marília Razuk, Galeria Mario Cohen e Galeria Nara Roesler. Circular pelo Arte Circuito dará a oportunidade de ver o amplo espectro do status atual da fotografia contemporânea: trabalhos de caráter documental, de viés antropológico, experimental, hibridismos com o movimento e o cinema, com inteligência artificial, além de apropriações e intervenções. A fotografia se infiltra também, de forma mais conceitual, nas mostras de videoarte, pintura e esculturas que os visitantes encontrarão no circuito.


A celebrada fotografia modernista brasileira, que tem sido bastante valorizada por instituições estrangeiras, estará presente na Luciana Brito Galeria, na mostra “Vintage”, realizada em parceria com Isabel Amado Fotografia, com obras de Geraldo de Barros, Thomaz Farkas e Gertrudes Altschul, entre outros. Será também o último dia para ver a mostra “Barravento Novo”, do artista mineiro Eder Santos, uma espécie de revisão do filme “Barravento”, de Glauber Rocha. Santos é um artista cujos hibridismos de linguagem geram uma singular fusão entre cinema, fotografia e artes visuais.


O artista Guerreiro do Divino Amor, que assim como Eder Santos, trabalha com colagens digitais em seus filmes de cores vibrantes e tons apocalípticos, estará inaugurando a mostra “Mausoléu Superficcional”, com cinco de seus filmes, entre eles “O Milagre de Helvétia” (2022), selecionado para a Bienal de Veneza de 2024, com sessão única na Galeria Marília Razuk, às 13h.


Nesse território de hibridismos de linguagens, responsável pela expansão da fotografia nos últimos anos, a Galeria Mario Cohen irá inaugurar também no dia 19 de agosto a inédita individual “Exploratorius”, da artista visual Elaine Pessoa. Fruto de uma intensa pesquisa, a artista cria um surpreendente amálgama entre imagens de naturalistas do século XIX, fotografias diretas e outras geradas por inteligência artificial, para demonstrar a influência e perpetuação do viés colonialista a partir da visão da paisagem natural brasileira.


A Dan Galeria segue em cartaz, nas suas duas unidades, com a imperdível mostra de arte cinética “Cor, Forma, Vibração”, do centenário artista venezuelano Jesús-Rafael Soto. A unidade da rua Amauri, especialmente para comemorar o Dia Mundial da Fotografia, expõe algumas obras dos fotógrafos Cristiano Mascaro e Valentino Fialdini. Tratam-se de obras que por meio de estratégias fotográficas geram uma ilusão especular entre a natureza bidimensional da fotografia e a percepção de planos que aludem ao tridimensional. Um ótimo contraponto com a vertigem visual criada por Soto.


No campo da fotografia direta, signatária da fotografia documental, o Arte Circuito apresenta três exposições: a AM Galeria SP encerra a mostra “Sangue de Bairro”, dos artistas mineiros Desali e Affonso Uchôa. A dupla, nascida e criada em Contagem (MG), apresenta uma tocante visão sobre os moradores e a paisagem do bairro Nacional, mostrando em potência uma fotografia feita a partir da intimidade e do pacto de afeto. Na Galeria Lume o incontornável fotógrafo britânico Martin Parr, integrante da agência Magnum Photos, expõe sua série “Food”, um ícone do olhar sorrateiro com pitadas do melhor e ácido humor britânico que levou o artista a ter sua obra permanentemente exibida pela Tate Modern. Enquanto isso a Arte57 irá exibir a mostra inédita “Arte e Velocidade”, do fotógrafo Miguel Costa Jr., especialista em corridas automobilísticas. São 55 imagens pinçadas de um acervo de mais de 50 mil registros realizados em várias competições mundo afora.


Fechando o Arte Circuito, a Galeria Nara Roesler terá a abertura das mostras de pintura “Memento Vivere”, de Cristina Canale e “Pinturas entre Frestas e Cavidades”, de Sérgio Sister. A fotografia também se faz presente aqui nos retratos de Canale que evocam personagens femininas. A artista, que em alguns momentos se vale de fotografias da mídia para inspirar suas telas, dessa vez plasmou a imagem da atriz Faye Dunaway, na personagem de uma fotógrafa no filme “Os Olhos de Laura Mars” (1978). Na pintura “Laura Mars” (2021 / 2022), Dunaway perde sua identidade, mas a câmera fotográfica que ela empunha na cena do filme segue apontando para o horizonte que seus olhos anunciam. A fotografia, afinal, sempre detecta e perpetua novos horizontes possíveis.


Curta-o-Circuito

O curador Eder Chiodetto, especializado em fotografia, sugere quatro roteiros, entre as oito galerias do Arte Circuito Jardim Europa, comentando as exposições. Confira abaixo os seus circuitos.


Circuito brasilidades (3 galerias)

Exposições que trazem à tona a beleza convulsiva, as contradições e a pulsação do Brasil contemporâneo. Comece pela constelação de imagens de “Sangue de Bairro”, de Desali e Affonso Uchôa, que transformou a AM Galeria SP numa versão do Brasil que pulsa de forma calorosa e afetiva nas suas tantas quebradas. Dali vá até a Luciana Brito Galeria e se deixe iluminar pelas luzes de “Barravento Novo”, encontro mágico entre Eder Santos, Glauber Rocha e Antônio Pitanga. Na sala ao lado, deixe seus olhos deslizarem pelas linhas, curvas e ilusões visuais proporcionadas por Geraldo de Barros e amigos. Saindo dali dirija-se ao encontro das “Superficções” de Guerreiro do Divino Amor, que inclui em sua mostra na Galeria Marilia Razuk filmes em que São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Minas Gerais são os protagonistas.


Circuito vernissage (5 galerias)

Cinco das galerias do circuito estarão abrindo novas exposições. Comece às 11h pela mostra de fôlego “Exploratorius”, de Elaine Pessoa, na Galeria Mario Cohen. Além de ocupar os generosos espaços da galeria com suas recriações da botânica brasileira a artista também fará uma instalação no jardim. Dali passe na Arte57 para ver as fotografias flagradas em alta velocidade com a exímia técnica do fotojornalista Miguel Costa Jr. Chegue, de preferência, até 13h na Galeria Marilia Razuk para não perder a exibição única do filme “O Milagre de Helvétia”, de Guerreiro do Amor Divino, selecionado para a próxima Bienal de Veneza. Aproveite o efeito psico-cromático do filme e emende com a mais que divertida exposição “Food”, do britânico Martin Parr, um dos grandes nomes da fotografia contemporânea, na Galeria Lume. Para terminar em grande estilo, a poucos metros dali, termine a tarde entre as pinturas de Cristina Canale e Sérgio Sister, na Galeria Nara Roesler.


Circuito clássicos (4 galerias)

Clássicos que desafiam a percepção visual do senso comum e nos instigam a ver o mundo além das aparências. Na Dan Galeria, unidade rua Amauri, se deixe levar pelos labirintos sensoriais provocados pelo artista venezuelano Jesús Soto. Então suba ao 2º andar e veja como as fotografias de Cristiano Mascaro, um dos grandes nomes da fotografia brasileira, e de Valentino Fialdini, desacomodam a natureza bidimensional da fotografia, criando uma tensão muito interessante em relação às obras de Soto. Na Arte57 a mostra “Arte e Velocidade” eleva a fotografia esportiva ao status de obra de arte, com imagens do veterano Miguel Costa Jr. Siga para a Luciana Brito Galeria e então perceba como a arte cinética de Soto também ressoa no projeto da fotografia modernista de Thomaz Farkas, Gaspar Gasparian e outros. Experimentações que marcaram a inserção da fotografia brasileira no circuito de arte. Para terminar com mais um grande clássico da fotografia mundial, vá para a Galeria Lume e veja “Food”, com toda a irreverência de Martin Parr, fotógrafo britânico que integra a agência Magnum.


Circuito Híbrido (4 galerias)

Fotografias que convivem, interpelam e reconfiguram outras linguagens Na Galeria Nara Roesler a pintora Cristina Canale utiliza fotografias produzidas na publicidade e no cinema para servir de base para alguns dos retratos femininos que ela traz a público pela primeira vez na mostra “memento vivere”. Em “Exploratorius”, na Galeria Mario Cohen, Elaine Pessoa se vale de uma investigação das imagens dos naturalistas do século XIX, em cruzamento com imagens geradas por Inteligência Artificial, para criar uma botânica hipotética que orbita entre o fotográfico, a gravura e o desenho. Na AM Galeria SP o hibridismo está nos próprios artistas Desali e Affonso Uchoa. O primeiro é pintor e o segundo é cineasta. No entanto ambos fotografam a série “Sangue de Bairro” e realizam um tocante vídeo também em exibição. É notório como as fotografias são pensadas a partir de matrizes cromáticas, como a pintura, e também por meio de cortes que remetem a still de cinema. Na Dan Galeria, unidade rua Amauri, Jesús Soto cria jogos em que nossa visão parece entrar num looping. Olhar na sequência as obras de Cristiano Mascaro e Valentino Fialdini nos faz duvidar da natureza bidimensional das impressões fotográficas.


Serviço

ARTE CIRCUITO

Sábado, 19 de agosto, das 11h às 17h nas oito galerias participantes



Mapa para deslocamento entre as galerias




AM Galeria SP

“Sangue de Bairro”: De 17/6 – 19/8.

Av. Nove de Julho 4865, 1A - Itaim Bibi, São Paulo. Segunda à sexta das 10h às 19h; sábados, das 10h às 14h. Excepcionalmente no dia 19/8 (sábado), das 11h às 17h


Arte 57

“Arte e Velocidade”: De 21/8 a 21/9.

Av. Nove de Julho, 5144 - Itaim Bibi, São Paulo. De segunda a sexta, das 10h às 18h; sábado, fechada. Excepcionalmente no dia 19/8 (sábado), das 11h às 17h


DAN Galeria Contemporânea

Rua Amauri, 73 - Jd. Europa, São Paulo. Segunda a sexta, das 10h às 18h; sábado, das 10h às 13h. Excepcionalmente no dia 19/8 (sábado), das 11h às 17h


Galeria Lume

“Food”: De 19/8 – 7/10

Rua Gumercindo Saraiva, 54 - Jd. Europa, São Paulo. Segunda a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 11h às 15h. Excepcionalmente no dia 19/8 (sábado), das 11h às 17h


Galeria Marilia Razuk

“Mausoléu Superficcional”: Em 19/8

Rua Jerônimo da Veiga, 62 - Itaim Bibi, São Paulo. Segunda a sexta, das 10h30 às 19h; sábado, das 11h às 16h. Excepcionalmente no dia 19/8 (sábado), das 11h às 17h


Galeria Nara Roesler

“Pinturas entre Frestas e Cavidades”: De 19/8 – 7/10

“Memento Vivere”: De 19/08 – 7/10

Av. Europa, 655 - Jd. Europa, São Paulo. Segunda a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 11h às 15h. Excepcionalmente no dia 19/8 (sábado), das 11h às 17h


Galeria Mario Cohen

“Exploratorius”: Em 19/8

Cap. Francisco Padilha, 69 - Jardim Europa, São Paulo. Terça a sexta, das 11h às 19h; sábado, das 11h às 17h. Domingo e segunda fechados


Luciana Brito Galeria

“Vintage”: Em 19/8

“Barravento Novo”: De 22/7 a 19/8.

Av. Nove de Julho, 5162 - Itaim Bibi, São Paulo. Segunda, das 10h às 18h; terça a sexta, das 10h às 19h; e sábado, das 11h às 17h


a4&holofote comunicação

+55 11 3897-4122

Marcus Vinicius Magalhães | 11 99295 7997 | marcusvinicius@a4eholofote.com.br

Gabriela Marçal | 11 96864-4263 | gabrielamarcal@a4eholofote.com.br

Neila Carvalho | 11 9 9916-5094 | neilacarvalho@a4eholofote.com.br










Por assessoria de imprensa



コメント


bottom of page