top of page
  • Foto do escritorBrasil Cotidiano

Centro de Hemodiálise do Regional de Marabá alcança 5 mil sessões de diálise

Dados são de janeiro a abril deste ano na unidade referência em nefrologia na região sudeste estadual




Marinalva Silva Almeida, 58 anos, dona de casa residente na cidade de Piçarra, há quatro anos foi diagnosticada com a doença renal crônica, que afeta o funcionamento adequado dos rins. Ela foi encaminhada para sessões de hemodiálise, no Hospital Regional do Sudeste do Pará - Dr. Geraldo Veloso (HRSP) em Marabá, a fim de gerenciar sua condição clínica.


"Antes de iniciar a terapia, sofria com dores nas costas e um mal-estar constante, mal conseguia levantar da cama. Quando comecei a receber o tratamento no HRSP, foi como se um raio de esperança tivesse iluminado a minha vida, melhorei muito, agora sou capaz de fazer atividades diárias que antes eram impossíveis", explicou Marinalva.


O HRSP é referência nefrológica para mais de 1 milhão de pessoas de 22 cidades da região, a unidade do Governo do Pará, gerenciada pelo Instituto de Saúde Social e Ambiental da Amazônia (ISSAA), atende regularmente 110 pacientes, que realizam cerca de 1.500 sessões de hemodiálise mensalmente.


Deusirier Martins de Souza, dona de casa, de 44 anos, é da cidade de São Geraldo do Araguaia. Há dois anos, ela foi regulada para realizar sessões de hemodiálise no Regional de Marabá. Diagnosticada ainda jovem com a doença renal crônica, ela se desloca três vezes semanalmente até a unidade para o seu tratamento.


"A hemodiálise é um processo cansativo, mas que me permite continuar viva e ver minha família crescer. A equipe de enfermagem é muito cuidadosa e atenciosa, e isso me dá mais segurança e tranquilidade para enfrentar a rotina de tratamento", destaca Deusirier.


Referência

O Centro de Hemodiálise do HRSP dispõe de 20 poltronas para tratamento em três turnos, salas de observação e ambulatórios. Com uma equipe multidisciplinar formada por nefrologistas, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais, e equipe de enfermagem, oferece um atendimento humanizado e personalizado aos seus pacientes. O setor realizou de janeiro a abril desse ano, mais de 5 mil sessões de diálise.


James Vinicius, enfermeiro nefrologista que atua no HRSP, explica que a hemodiálise é o procedimento no qual uma máquina filtra e limpa o sangue, fazendo parte do trabalho que o rim doente não pode fazer, como retirar do corpo os resíduos prejudiciais à saúde. "O tratamento é indicado para pacientes com insuficiência renal aguda ou crônica grave, e visa substituir a função dos rins que estão com funcionamento prejudicado", destaca.


"O serviço de hemodiálise oferecido pela Regional de Marabá é uma referência para a população do sudeste paraense. Estamos empenhados em garantir uma saúde de qualidade cada vez maior aos pacientes que frequentam a unidade", explicou secretário de saúde pública, Rômulo Rodovalho.


Serviço:

Alan Ferreira, diretor assistencial da unidade, explica que os protocolos adotados pela equipe multiprofissional no tratamento de hemodiálise são rigorosos e seguem as melhores práticas recomendadas, priorizando a segurança e bem-estar dos pacientes. "Estamos sempre em constante atualização e busca por novas tecnologias, que possam aprimorar ainda mais a qualidade do atendimento prestado."


O diretor executivo do hospital, Benjamin Ferreira, destaca a importância de um atendimento humanizado para garantir tratamento digno e respeito aos pacientes. "É fundamental que os nossos pacientes recebam um atendimento acolhedor, não estamos lidando apenas com doenças, mas com seres humanos que precisam de cuidado, e empatia para enfrentar o momento difícil pelo qual passam", explicou.


A unidade que pertence ao Governo do Pará, e desde o dia 15 de abril é gerenciada pelo Instituto de Saúde Social e Ambiental da Amazônia (ISSAA), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), atua como referência para média e alta complexidade para mais de 1 milhão de pessoas de 22 municípios da região.



Por assessoria de imprensa.


bottom of page