top of page
  • Foto do escritorBrasil Cotidiano

Envelhecimento da população eleva a procura por cuidados com profissionais qualificados

Cuidadores têm papel fundamental na garantia da segurança e do conforto dos assistidos


Crédito da foto: Assessoria de imprensa

O envelhecimento da população é uma realidade crescente no Brasil. Atualmente, o país conta com 10,5% dos seus habitantes com idade de 65 anos ou mais, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). Esse envelhecimento populacional traz consigo desafios significativos, como a garantia da segurança e qualidade de vida dos idosos que permanecem em suas casas.


A necessidade de um cuidador no lar pode variar de acordo com a condição de saúde, a autonomia e a capacidade funcional do idoso. Alguns sinais de que pode ser o momento de considerar a assistência de um cuidador incluem dificuldades para realizar tarefas cotidianas, como tomar banho, se vestir e preparar alimentos, bem como quedas frequentes ou problemas cognitivos, como a demência.


A identificação da necessidade de um cuidador também pode ser percebida por mudanças no comportamento do idoso, como isolamento social, apatia, esquecimentos frequentes ou desorganização. É importante que a família e os cuidadores observem atentamente esses sinais para garantirem que o idoso receba o suporte adequado para manter a sua segurança e o seu bem-estar em casa.


Ao tomar a decisão de contratar um cuidador, é essencial buscar um profissional qualificado e de confiança, que esteja apto a atender às necessidades específicas do idoso, seja no auxílio às atividades diárias, na administração de medicamentos ou na companhia e interação social. Esses profissionais são presenças essenciais para a criação de um ambiente seguro em casa, eliminando possíveis riscos de quedas, mantendo a casa bem iluminada e organizada, e também garantindo que a alimentação e a hidratação do idoso estejam adequadas.


A Acuidar, maior franquia de cuidadores especializados do país, atua como referência neste setor. A rede possui treinamentos para seus profissionais, realizados de modo a adaptar a assistência à rotina do paciente. Essa ênfase na atenção fez com que o empreendimento inaugurasse mais de 60 unidades apenas em 2023.


A supervisão constante e a comunicação aberta entre a família, do assistido e o profissional são elementos-chave para assegurar que o cuidado prestado seja de alta qualidade e atenda às necessidades em constante evolução do idoso. Com a concretude dessa relação benéfica, a população idosa pode viver com dignidade, conforto e segurança dentro do lar.



Sobre a Acuidar:


Fundada em 2016 pelo médico Vitor Hugo de Oliveira e pela fisioterapeuta Jéssica Soares Ramalho, a rede oferece serviços no domicílio do cliente ou durante acompanhamento hospitalar, com opções de diárias avulsas e planos mensais. A marca entrou para o mercado do franchising em 2020, contando hoje com mais de 120 unidades inauguradas. O investimento inicial total é de R$ 44 mil (já com a taxa de franquia) o faturamento médio mensal é de R$ 60 mil e o prazo de retorno é de 6 a 15 meses. Saiba mais em: https://www.acuidarbr.com.br/

bottom of page