top of page
  • Foto do escritorBrasil Cotidiano

Na primavera do El Niño, os cuidados com a pele, os cabelos e as unhas devem ser redobrados

Fenômeno climático eleva as temperaturas na nova estação e exige atenção à saúde do organismo como um todo. Hidratação e proteção contra os raios solares UVA e UVB são fundamentais, destacam dermatologistas



Crédito da foto: Assessoria de imprensa


Nem tudo são flores na primavera. Isso porque a chegada da nova estação no próximo sábado (23/09) vem acompanhada de previsões de aumento de temperatura comparável somente ao que o brasileiro experimentou em 2015, com o fenômeno Super El Niño. Embora os dias quentes sejam convidativos a atividades ao ar livre, andar sob o sol, aproveitar as praias e piscinas exigem estratégias de proteção para o organismo como um todo. A começar pela hidratação e os cuidados com a pele.


De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Sudeste, Sul e Centro-Oeste são as regiões que vão se ressentir mais com as altas temperaturas na primavera. No Norte e Nordeste, a previsão é de calor mais intenso do que no ano passado, com períodos frequentes de seca. Tais condições são provocadas pelo fenômeno El Niño, que aquece as águas do Oceano Pacífico na altura do Equador, alterando o clima, principalmente na América do Sul.


A primavera com ares de verão exige muito do organismo. Por esta razão, é preciso manter o equilíbrio entre as condições meteorológicas e as necessidades do corpo, ingerindo muita água, hidratando-se com sucos refrescantes e fazendo refeições frugais. Vestir roupas leves, evitar a prática de exercícios físicos entre 11h e 17h são medidas mais que desejáveis com termômetros superando os 30 graus.


Nas condições esperadas para a nova estação, a pele também é bastante afetada. “Com o calor, há a tendência à oleosidade da pele”, observa a dermatologista Anelise Dutra. A especialista explica que nessas situações as glândulas funcionam intensamente para manter a temperatura corporal equilibrada. E isso propicia o surgimento de cravos e acne.


Para o dermatologista Dário Rosa, os cuidados devem começar pela higienização. “A limpeza da pele é fundamental, assim como o uso de água termal e do hidratante para manter um aspecto saudável”, afirma.


Em qualquer tempo, os cuidados com a exposição solar são imprescindíveis. “Mas em tudo o que se apresenta para a primavera deste ano, sem a devida proteção de filtros solares e mesmo barreiras físicas, a pele tende a ficar ressecada, podendo descamar em alguns casos”, diz o dermatologista. O benefício primordial, ressalta Rosa, é evitar os efeitos nocivos dos raios solares UVA e UVB. “O protetor solar, indicado para cada tipo de pele, é um agente de prevenção contra o câncer e outras doenças graves.”


Para quem aproveita a renovação da estação para se submeter a tratamentos estéticos, como depilação a laser, aplicação de ácido hialurônico, entre outros procedimentos, Anelise Dutra e Dário Rosa são unânimes em afirmar que o filtro solar não apenas protege a pele, mas auxilia na recuperação das áreas tratadas.



Cabelos ao vento


Nos cuidados com a saúde, os cabelos não devem ser negligenciados. O primeiro passo para manter a beleza dos fios, destaca Anelise Dutra, é lavá-los regularmente com xampus e produtos adequados. Segundo a especialista, hidratação e máscaras de nutrição para reparar danos são diferenciais para fios bem tratados.


Contra a radiação solar, o uso de produtos com Fator de Proteção Solar (FPS) é fundamental. “Em dias de praia ou piscina, protetores físicos, como chapéus, são mais que desejáveis”, indica a dermatologista.


O uso mínimo de secador, chapinha e babyliss também é recomendado pelos especialistas. “Caso seja inevitável utilizá-los, a dica é a aplicação de um protetor térmico antes e de um reparador de pontas depois destes procedimentos”, diz Anelise.



Cuidados com as unhas


Para cada estação, a indústria cosmética desenvolve uma paleta de cores. É assim com os itens de maquiagem e também com os esmaltes para as unhas. “Mas em qualquer tempo, e antes mesmo de escolher um produto de qualidade para adornar as unhas, é preciso observar cuidados essenciais de saúde”, afirma o dermatologista Dário Rosa.


A alimentação adequada e nutritiva reflete a saúde das unhas. Mantê-las limpas e lixadas também é fundamental, segundo o especialista.


Com o clima propício à praia e piscina, a cutícula das unhas, que tem a função de proteger o organismo contra a entrada de fungos, torna-se mais frágil. “Por isso, é importante higienizar bem as mãos, secá-las adequadamente e utilizar hidratantes específicos”, enumera. “É preciso, ainda, prestar atenção a alterações nas unhas que possam ser indicativos de fungos, micoses ou outras doenças.”


Cada estação tem sua peculiaridade. Mas nesta primavera, diante das influências do El Niño, a palavra de ordem, atestam os dermatologistas Anelise Dutra e Dário Rosa, é proteção.




Por assessoria de imprensa

Comments


bottom of page