top of page
  • Foto do escritorBrasil Cotidiano

Polêmica envolvendo especiaria Turu e empresário Antônio de Jesus abala o interior do Pará

Por levar o mesmo apelido da especiaria, a polêmica sobrou para o empresário


No interior do estado do Pará, uma série de rumores sobre traição e intrigas ganharam destaque recentemente, tudo relacionado à misteriosa especiaria afrodisíaca chamada Turu. Esta especiaria aparentemente causou uma tremenda confusão no município de Capitão Poço, onde os comentários fizeram com que muitos acreditassem que a deputada Missionária havia se envolvido com o empresário Antônio de Jesus, conhecido na região como Turu, fundador da VM Produções e Eventos.


Entretanto, é importante esclarecer que Antônio de Jesus é um homem sério, pai de família, e seu apelido "Turu" nada tem a ver com a especiaria que gerou toda essa controvérsia. A deputada Missionária, por sua vez, culpou a especiaria Turu como a causa de sua suposta traição ao esposo, o vereador Neném, com o deputado Ronie Silva. Perguntado a Antônio Turu sobre o que acha de tudo isso, ele afirmou que apesar de ter o apelido de Turu, não sabia que Turu é tão gostoso e vai passar a consumir mais para "ficar forte."


Antônio Turu é uma figura de destaque em Capitão Poço, onde seu trabalho como empresário é crucial para impulsionar a economia local e criar empregos. Através da VM Produções e Eventos, ele organiza eventos culturais e artísticos que não apenas proporcionam diversão aos moradores e visitantes, mas também têm um impacto positivo nas empresas locais, como hotéis, bares, restaurantes e pequenos comerciantes.


Nascido em Ourém e criado em uma família de condição financeira precária, Antônio Turu enfrentou desafios em sua infância, mas superou-os com determinação e dedicação. Ele se tornou um exemplo de sucesso em Capitão Poço, não apenas pelo seu negócio próspero, mas também por seu envolvimento em iniciativas sociais que ajudam a comunidade.



Por assessoria de imprensa.

bottom of page