top of page
  • Foto do escritorBrasil Cotidiano

Reação leva três atletas ao Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024

Realizada no Rio de Janeiro, a competição é a última classificatória continental para os Jogos Olímpicos de Paris



Entre os dias 22 e 28 de abril, o Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024, na Arena Carioca 1 do Parque Olímpico, Rio de Janeiro, reunirá os principais judocas das Américas e Oceania para competirem nas classes de idade Sub-18 (Cadete), Sub-21 (Júnior) e Sênior (adulto), entre os quais os representantes da Seleção Brasileira de Judô. E o Instituto Reação, Organização da Sociedade Civil que há mais de 20 anos promove desenvolvimento humano e integração social por meio do esporte e da educação, levará três atletas para a competição: Agatha Paixão (Sub18 +70kg/feminino pesado), Mariana Nunes (Sub21 -48kg/feminino ligeiro) e Gabriel Falcão (Sênior 81kg). O evento é gratuito e aberto ao público.


“O Reação está em primeiro lugar no ranking geral da CBJ há dois anos consecutivos. Isso é resultado de muita disciplina e dedicação dos nossos atletas e de todos os profissionais do Instituto”, afirma Luciano Gomide, presidente do Instituto Reação. “Levar três de nossos atletas em mais uma competição desse porte, lutando com adversários de diversos países, é muito gratificante”.


Os campeonatos continentais distribuem até 700 pontos (medalha de ouro) no ranking da Federação Internacional de Judô e, neste ano, é uma das últimas etapas válidas para a classificação olímpica: “Estou muito feliz em competir, por isso meu foco são os treinos”, afirma a atleta Mariana. “Quero representar bem o Reação e a CBJ e conquistar o ouro no Rio vai ter um gosto especial de ‘deixar a medalha em casa’”, completa.


Veja o calendário de disputas:


22 de abril: Sub-18.


23 de abril: Sub-21.


24 de abril: equipes mistas das duas classes.


25 a 28 de abril: Pan Sênior.



Conheça o Reação em números:


Mais de 3 mil medalhas só nos últimos 5 anos.

Primeiro lugar no ranking geral da Confederação Brasileira de Judô em 2022 e 2023.

Mais de 20 mil pessoas impactadas ao longo de mais de 20 anos de história.

12 polos em 5 estados.

Mais de 300 alunos contemplados com bolsas de estudo em 2023.

Sobre o Instituto Reação


Fundado há 20 anos pelo judoca e medalhista olímpico Flávio Canto, seu ex-treinador Geraldo Bernardes e amigos, o Instituto Reação é uma Organização da Sociedade Civil que promove desenvolvimento humano e integração social por meio do esporte e da educação. A proposta é ter o esporte como ferramenta educacional e de transformação social, formando faixas-pretas dentro e fora do tatame. O Instituto oferece seu “Caminho Potente”, baseado em dois programas estruturantes: “Reação Futuro”, com foco em judô recreativo, educação e desenvolvimento socioemocional, e “Reação Olímpico”, com foco no judô de alto rendimento, além da educação e do socioemocional. Para reforçar o projeto Caminho Potente, o Reação conta ainda com três programas transversais: “Bolsas de Estudo”, “Conecta” (capacitação, emprego e renda) e “Reação com Elas” (empoderamento feminino). Seu objetivo é acompanhar crianças a partir dos quatro anos até o seu primeiro emprego, utilizando atributos fundamentais que ensinam a cair e a levantar como aprendizados constantes, em três preceitos: construir, conquistar e compartilhar. O Reação conta com 12 polos espalhados em cinco estados brasileiros: Rio de Janeiro, São Paulo, Cuiabá, Rio Grande do Norte e Minas Gerais, beneficiando cerca de 4.500 crianças, adolescentes e jovens.





Por assessoria de imprensa

Comments


bottom of page