top of page
  • Foto do escritorBrasil Cotidiano

Regional do Baixo Amazonas alcança meta de bolsas de sangue em campanha de doação

Ao todo, 81 bolsas foram coletadas. Ação foi resultado de uma parceria do HRBA com o Hemopa

Equipe do Hemopa esteve na unidade para atender os doadores (Crédito da foto: Instituto Mais Saúde)

A dona Lourdes Martins, de 52 anos, saiu do município de Alenquer, para acompanhar a filha em uma consulta no Hospital Regional do Baixo Amazonas Dr. Waldemar Penna (HRBA), em Santarém, também na região de integração do Baixo Amazonas. Ao chegar à unidade, ela descobriu que poderia aproveitar o momento para doar sangue e salvar vidas.


“Eu estava esperando no ambulatório e a enfermeira foi lá avisar da campanha e me interessei e vim. Fazia tempo que não doava porque a última vez que o Hemopa foi a Alenquer, eu estava trabalhando e não pude ir, então, aproveitei a oportunidade. Sangue é vida, tem tanta gente que precisa. Hoje não estou precisando, mas ninguém sabe o dia de amanhã”, contou a professora.


Já Alexandro Santos Pereira é biomédico e trabalhou no Hospital Regional durante quatro anos. Quando ele soube da campanha este ano, também decidiu participar e ajudar quem necessita desse gesto solidário. “Eu sempre participei das campanhas anteriores e sigo doando quando tem ação. É um ato simples, não dói e é muito rápido. A sensação é de gratidão por poder ajudar. Como ex-colaborador, eu sei o quanto uma bolsa dessa é importante para muitos pacientes. O sangue será dividido em vários hemocomponentes e poderá ajudar muitas pessoas. Doar sangue é doar vida, com certeza”, destacou.


As duas pessoas compõem a relação das 81 doações de sangue realizadas no HRBA na última quarta-feira (10), durante mais uma edição da Campanha de Doação de Sangue realizada em parceria com a Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa). A ação alcançou a meta estipulada, que era de arrecadar 80 bolsas de sangue.

A iniciativa foi coordenada pela Agência Transfusional da unidade e envolveu colaboradores, usuários e o público externo. A equipe do Hemopa esteve durante o dia todo na sala do Centro de Estudos e Pesquisas (CEP) atendendo os doadores que chegavam.


Com o tema “Você ainda tem tempo para salvar vidas!”, a campanha teve o objetivo de aumentar o estoque de sangue do Hemocentro. “A campanha foi muito boa. Os colaboradores participaram e tivemos muitas doações do público externo, de familiares de pessoas que estão internadas aqui. A gente gostou muito e esperamos que nas próximas campanhas a gente consiga ter mais doações ainda. Quem não conseguiu doar aqui, pode se dirigir ao Hemopa para fazer este ato de solidariedade”, ressaltou a enfermeira da Agência Transfusional do HRBA, Paula Maia.


Rede - O Regional de Santarém é referência em média e alta complexidade para uma população de 1,4 milhão de pessoas, residentes em 30 municípios do Oeste do Pará, e é abastecido diariamente com bolsas de sangue doadas pela Fundação Hemopa.

Até março deste ano, a unidade já havia utilizado 1.644 bolsas de sangue. No ano passado inteiro, foram 6.496 transfusões de sangue realizadas, uma média de 540 por mês. Em alguns procedimentos, como cirurgia cardíaca, podem ser utilizadas até 15 bolsas desse tipo para garantir a segurança do paciente.


“Com apenas uma doação, você pode salvar até quatro vidas. Por isso, este ato simples é tão importante não só para os pacientes que estão aqui no HRBA, mas para qualquer pessoa que precise de uma transfusão. Nossa campanha foi um sucesso e agradecemos a todos que tiraram um tempo do seu dia para vir até a unidade e ajudar o próximo. É nosso papel também incentivar a doação para uma melhor assistência a todos os usuários”, explicou o diretor geral do hospital, Éder Lúcio de Souza.


Serviço: O HRBA presta serviço 100% referenciado, atendendo a demanda originária da Central de Regulação do Estado.


A unidade pertence ao Governo do Pará, e tem administração do Instituto Social Mais Saúde, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). O hospital funciona na avenida Sérgio Henn, nº 1100, no bairro Diamantino, em Santarém, município cerca de 700 km de distância de Belém, capital do Pará.



Por assessoria de imprensa.

bottom of page