top of page
  • Foto do escritorBrasil Cotidiano

Um luto, sete histórias: dilemas que atravessam a juventude contemporânea

No romance "Tudo o que dizemos no silêncio", a escritora e filósofa Marta Vasconcelos aborda as marcas do abandono parental e outros temas sensíveis


Crédito da foto: Assessoria de imprensa

Quando um grupo de oito amigos universitários perde um integrante, todos comparecem ao velório — mas um mistério instiga o leitor até o final: de quem é o corpo? É nesse cenário que se desenrola a trama de Tudo o que dizemos no silêncio, publicado pela Qualis Editora. A partir de flashbacks, a escritora e filósofa Marta Vasconcelos aborda a história de cada personagem, revelando conflitos que atravessam não só a juventude, mas a sociedade de forma geral.


A autora transforma a dinâmica dos amigos em espaço fértil para discutir questões contemporâneas urgentes. De modo sensível, ela retrata a complexidade das relações abusivas, da dependência química, da elaboração do luto, da descoberta da sexualidade e da aceitação dos diferentes corpos.


Em primeira pessoa, cada personagem narra um pedaço da obra e protagoniza diferentes situações. O enredo se divide nos seguintes focos: Becca e Thiago namoravam, mas a relação ficou abusiva quando ele desenvolveu um vício; Cris se envolveu em uma situação policial pois guardou as drogas de Bernardo; Bruno e Caio iniciaram um relacionamento, mas só um deles tem clareza da própria sexualidade; Amanda e Felipe se apaixonaram, mas por causa do vitiligo ele enfrenta inseguranças em relação ao corpo. Nesse contexto, um deles morre e os outros passam a lidar com o luto.


Tento respirar fundo, mas o ar entra tremido enquanto olho para tela do celular.

Um zumbido agita ainda mais meus pensamentos e,

em menos de um segundo, não consigo ouvir mais nenhum deles.

Eu apenas aperto o aplicativo de uma vez e digito, sem pensar, o destino: cemitério.

(Tudo que dizemos no silêncio, p. 27)



Em uma escrita envolvente, com alertas para prevenir gatilhos emocionais, a história conduz o leitor a uma intensa jornada. Além de perpassar as vivências dos personagens, a narrativa foge da superficialidade ao explorar as raízes e os desdobramentos de cada caso. No âmago da trama, por exemplo, residem as marcas do abandono parental. Depois, é revelada a trajetória de recuperação da dependência química e todas as consequências dessa luta. Por fim, a morte e os preconceitos desafiam os personagens a encontrar formas de resiliência e resistência. Assim, Tudo o que dizemos no silêncio é um convite a refletir profundamente sobre as questões mais delicadas que emergem na atualidade.


FICHA TÉCNICA

Título: Tudo o que dizemos no silêncio

Autora: Marta Vasconcelos

Editora: Qualis

ISBN: 9788570270924

Dimensões: 23 x 16cm

Páginas: 212

Preço: R$ 52,00 (físico), R$ 16,90 (e-book)


Sobre a autora: Marta Vasconcelos é escritora e filósofa, atualmente mora em Macaé com o marido e a filha. É autora da série Joquempô, A Trança e assina contos nas antologias Resilientes e Empodere-se.



Sobre a editora: Há mais de 15 anos, a Qualis se destaca no cenário literário como uma editora tradicional, reconhecida por seu comprometimento com a promoção e o investimento em talentos nacionais. Criada em 2008 com a missão de disseminar o conhecimento científico produzido no âmbito acadêmico, a editora se reinventou, e ampliou seu alcance com o selo de literatura. Todo esse processo sem jamais se desviar de um objetivo essencial: contribuir para uma sociedade mais justa e sem preconceitos. Sustentada por uma visão inclusiva e diversificada, a Qualis tem como norte o princípio de que todas as vozes merecem ser ouvidas e todas as histórias, contadas.


Redes sociais:




Por assessoria de imprensa

bottom of page